Dia Nacional do Design


Como é do conhecimento de muitos, o Design em todas as suas especialidades, apesar de ser uma atividade profissional exercida a mais de 50 anos em todo o território nacional, possuir formação acadêmica de nível superior em todos os estados e mestrado stricto sensu regulamentados pelo Ministério da Educação não é reconhecida como uma atividade profissional como outras não menos importante como Medicina, Direito, Fisioterapia, Arquitetura.

Desta forma, a SCDesign, no dia 5 de novembro de 2008, estará promovendo em Florianópolis um evento para divulgar o Dia Nacional do Design e promover a conscientização dos Profissionais, Estudantes e Comunidade para a regulamentação da profissão.

O local do evento será o Auditório do CCE da UFSC e ocorrerá das 18h as 21h30min.

Para inscrever-se, basta acessar o site http://eventos.scdesign.org.br/DND2008/ e preencher o cadastro. A entrada será um valor simbólico de R$ 5,00 + 2 litros de leite longa-vida.

Aguardamos todos láa!

Anúncios

segunda-feira, 27 outubro, 2008 at 10:57 am Deixe um comentário

A Folha que Sobrou do Caderno

“A Folha que Sobrou do Caderno” é um vídeo que questiona o ensino do design no Brasil.
Foi apresentado no 18° NDesign, produzido pelos alunos de design UFPR: Alexander Czajkowski e Mauro Alex Rego.


RELEASE – A Folha que Sobrou do Caderno

Todos os anos uma leva de designers se forma nos quatro cantos do Brasil e uma pergunta inquietante não quer calar: estarão esses futuros profissionais sendo preparados para enfrentar as múltiplas realidades do nosso país? Existiria uma estrutura de curso ideal para formar os profissionais de design adequados à nossa realidade? A quem interessa manter um formato de ensino ultrapassado e ineficiente? Você já parou para pensar em seu papel diante disso tudo?

“A folha que sobrou do caderno” é um instigante documentário resultante de uma inquietação pessoal em congruência com uma preocupação coletiva: precisamos discutir e reformar o ensino de design no Brasil. São colocadas
opiniões sobre modelos ideais de cursos e o papel que professores e estudantes desempenhariam nesses modelos, bem como discussão sobre formação tecnológica e teórica. A estrutura atual do ensino, questionamentos sobre
pesquisa e atualização tanto por parte dos professores como dos estudantes também são abordados. A organização estudantil como transformadora da realidade e o Movimento Estudantil fornecem o fechamento das discussões.

Em “A folha que sobrou do caderno”, História, depoimentos e atitudes são os principais ingredientes para alcançar a maior proposta do filme: PROVOCAR.


A Folha que Sobrou do Caderno – Vídeo:
http://video.google.com/videoplay?docid=3328923649270546691/

terça-feira, 22 julho, 2008 at 7:40 pm Deixe um comentário

Experimente design estrategicamente!


A cartilha intitulada “Experimente Design estrategicamente” foi criada pela designer Luana Wernik, no seu trabalho de conclusão de curso de Design industrial da UnB. Dois anos após a sua formatura, e numa parceria com a ADEGRAF (Associação dos Designers gráficos do Distrito Federal), a cartilha foi concluída e está disponível para download no endereço:
www.adegraf.org.br/cartilha

Segundo o release:

“A cartilha tem como finalidade esclarecer o que é Design Gráfico, quais as vantagens em utilizar esse fator estratégico e os melhores procedimentos para contratação de profissionais nessa área. Ela destina-se a empresas privadas e órgãos públicos que necessitam, em seu dia-a-dia ou mesmo esporadicamente desenvolver peças gráficas como identidade visual, material de divulgação, embalagens, relatórios, informativos, livros, websites e muitas outras necessárias à comunicação com públicos internos e externos. A preocupação da Adegraf é levar às pessoas o conhecimento necessário para o estabelecimento de uma relação profissional que solucione as necessidades de empresas e instituições, evitando equívocos como contratação de profissionais sem qualificação adequada e o abuso de ambas as partes nessa relação comercial. O projeto inicial da cartilha foi idealizado pela associada Luana Wernik, como projeto de graduação na Universidade de Brasília. O conteúdo e a forma finais foram adaptados por um grupo de trabalho da associação, que contou com integrantes da atual diretoria. “

Quem quiser mais informações, inclusive sobre a versão impressa da cartilha, pode acessar o blog www.experimentedesign.blogspot.com/

É um trabalho super legal que deve ser divulgado e usado principalmente para a conscientização dos clientes!

segunda-feira, 14 julho, 2008 at 11:06 pm Deixe um comentário

Apresentação de TCCs


Calendário das defesas de TCC de Design – UDESC:

30/06 – 13:30 às 14:30 – Auditório Central
Marina Cascaes Cardoso – “Linguagem Pictográfica – Considerações sobre Aspectos Semióticos e Ergonômicos em Interfaces Virtuais.”

30/06 – 14:45 às 15:45 – Auditório Central
Maria Westarb – “O Design como auxílio Lúdico a Programa de Fisioterapia.”

02/07 – 10:30 às 11:30 – Auditório Central
Anelise Thaler – “Design Gráfico Usabilidade. Estudo de Caso, Ambiente de Aprendizagem EGC/UFSC- DEPS/UDESC.”

02/07 – 16:15 às 18:15 – Auditório Central
Lisiane Cristina Lenz – “Conheça seu Cliente: Prospectando Projetos de Design por meio do Diagnóstico Empresarial.”

04/07- 08:30 às 09:30 – Auditório Central
Oberdan Porto Leal Biantino – “Porões da Mente – Encontro de Olhares e Relatos”

04/07- 11:00 às 12:00 – Auditório Central
Caroline Daufemback Henrique – “Galerias Virtuais – Novos Suportes para a Fotografia digital.”

04/07- 14:45 às 15:45 – Auditório Central
Janaina Ramos Marcos – “Sobre Sustentabilidade Ecodesign o Planeta – Apresentação do Projeto Limonada.”

07/07- 11:00 às 12:00 – Auditório Central
Érika Diaz Gomez – “Atribuição Transgressora de Função pelo uso ou aqueles Casos em que, por exemplo, alguém amarra o cabelo com um lápis.”

09/07 – 09:45 às 10:45 – Auditório Central
Juliana Tavares Martins – “Era uma vez: A Retórica Presente nas Ilustrações de Livros Infantis.”

09/07 – 13:30 às 14:30 – Auditório Central
Marta Tie de Castilho – “A Contribuição do design para um Estudo Preliminar de Viabilidade – Transporte Público por Bicicletas – Bacia Hidrográfica da Lagoa da Conceição.”

10/07 – 08:30 às 09:30 – Auditório Central
Ricardo Bueno Oliveira – “O Designer junto a comunidade para Desnvolver Jóias.”

10/07 – 09:45 às 10:45 – Auditório Central
Thiago de Sturdle – “O Design e sua História nos Sistemas de Objetos de Cena e Cenários para Teatro e Cinema.”

10/07 – 11:00 às 12:00 – Auditório Central
Rossana Rafael de Rosa – “Introdção ao Estudo da psicologia Ambiental e sua Aplicação ao Design de Interiores em Ambientes de Consumo.”

terça-feira, 1 julho, 2008 at 3:02 pm Deixe um comentário

Assembléia Geral

Photobucket
Saudações!
Nessa sexta-feira, dia 20 de junho, acontece uma assembléia geral para todos os alunos do curso de design. O horário é às 11h30, no auditório do bloco amarelo – CEART. Pede-se que os professores que dão aula na sexta de manhã liberem os alunos meia hora mais cedo.
Será discutido:
– CADU e o processo eleitoral
– CONE (Conselho Nacional de Estudantes de Design) e o N Design
É fundamental a presença de todos. Compareçam!
 

domingo, 15 junho, 2008 at 9:28 pm 2 comentários

“A Nova Cadeira Latina”


A Faculdade de Design e Comunicação da Universidade de Palermo e a empresa Manifesto organizam anualmente o concurso Design de Mobiliário. Esta iniciativa soma-se ao estímulo da criatividade latino-americana nos diferentes produtos do campo do design.
Nessa primeira edição 2007-2008 convocam ao concurso “A nova cadeira latina”.
A proposta é apresentar o design de uma cadeira para um dos seguintes usos: Residencial ou Comercial

O limite de entrega é 30 de maio, e o vencedor leva um prêmio de U$S 1000.
Maiores informações: Concurso “A Nova Cadeira Latina”

Rafaela Sotuyo.

sexta-feira, 25 abril, 2008 at 11:14 pm Deixe um comentário

Normativa


No início do semestre de 2008/1, o Diretor Geral do Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina, Antonio Vargas Sant’Anna, baixou uma normativa com restrições de uso das salas e materiais do Centro por parte da comunidade acadêmica.
A lei estabelece que os professores e/ou funcionários da UDESC são responsáveis pelas salas e materiais, ou seja, esses terão que arcar com os prejuízos caso haja qualquer problema referente ao sumiço ou depredação dos bens. Com isso, independente de que seja um aluno o responsável por algum desses problemas, a lei define que o professor e/ou funcionário que permitiu o uso de salas e materiais é o responsável legal. Assim, o empréstimo desses bens para os acadêmicos foi dificultado.
No dia 22 de abril (terça-feira) houve uma reunião entre os representantes dos alunos e a Direção do Centro de Artes, justamente para discutir o uso e responsabilização dos materiais e salas.
As salas de aula não estavam sendo utilizadas aos finais de semana pelos alunos, pelo fato de não haver um profissional para abrir e fechar as salas, já que pelas leis da UDESC os seguranças não poderiam mais fazer este trabalho. A direção apresentou uma solução para este problema, que é a contratação de uma funcionária que irá trabalhar das 8h00 às 20h00 aos sábados e domingos, e será responsável pelas chaves. Com isso, os alunos poderão utilizar as salas aos finais de semana, e os professores podem autorizar a utilização desses locais com maior tranqüilidade, já que essa funcionária também ficará responsável em verificar se de fato nenhum equipamento sumiu ou foi depredado durante o uso do espaço.
Para os alunos que venham a utilizar alguma das salas do Centro de Artes nos finais de semana, é importante esclarecer que só poderão entrar mediante a identificação com a carteira de estudante do Centro. A carteirinha pode ser feita gratuitamente na Secretaria Acadêmica, basta levar uma foto 3×4 (em papel fosco).
Outra resolução tomada foi a de sugerir para o CONSUNI uma revisão da legislação da UDESC, para que se possam responsabilizar também os alunos pelo desaparecimento ou depredação dos equipamentos. A idéia é que funcione como na biblioteca, em que os alunos são responsáveis pelos livros que emprestam, tendo que restituir o valor caso percam um exemplar, e podem até mesmo ter suas matrículas trancadas. Com isso os alunos poderiam entrar como responsáveis no empréstimo de salas ou materiais, não ficando sempre os professores, departamento ou direção responsabilizados. De qualquer forma, ainda levará algum tempo até que essa legislação seja discutida, votada e posta em prática (caso aprovada).

quinta-feira, 24 abril, 2008 at 2:32 am 1 comentário

Posts antigos Posts mais recentes


RSS RSS

Últimos posts

novembro 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos